Páginas

Atualizando pra dizer que eu não morri #1

1 de março de 2017

Já era hora de atualizar o blog e dizer que ei, colegas, eu não morri. Quem me acompanha sabe que eu não tenho um intervalo regular entre as postagens, mas imaginei que teria vindo aqui mais cedo e, no fim, não apareci. Não sinto que tenho muito o que falar, ao mesmo tempo em que tenho muitas novidades para contar. É muito estranho quando a gente para de ser sentimento e vira fato, mas isso não é uma coisa ruim. Enfim, espero que vocês, caros leitores, fiquem contentes em saber apenas algumas coisas que aconteceram comigo ultimamente.

Faz alguns meses que a minha cabeça parece ser feita de estresse, porque o tempo passa e as coisas são incertas, porque nunca se sabe o dia de amanhã e tudo que podemos fazer é rezar para que tudo fique bem. Digo rezar não num sentido religioso, mas pode ser assim também, se o leitor quiser. Enfim. É sempre muito bom quando a tempestade passa e você percebe que, mais uma vez, as coisas aconteceram da maneira certa, no tempo certo, exatamente como era pra ser. Não quero dizer, com isso, que está tudo resolvido. Longe disso, ainda há muita coisa por vir. Porém, ao analisar o curso da minha vida nos últimos tempos, não posso deixar de me sentir feliz, pois percebo que todo o meu esforço não foi em vão. Não até aqui e, independente do que aconteça, eles nunca terão sido em vão. ♥

Esses dias eu tive o melhor carnaval da minha vida, pra quem quer saber como eu passei de feriado. Eu estava realmente precisando viajar e descontrair, mas eu não esperava que seria tudo tão perfeito assim. No ano passado, fui para Prudentópolis, onde não havia carnaval e, justamente por isso, achei que tinha sido o melhor de todos. Porém, contudo, todavia, a vida sempre vem e nos supreende, às vezes com coisas ruins, outras com coisas boas. Esse ano, fui para Itapoá, em Santa Catarina, e meu pai alugou um apartamento na mesma rua onde ficava o palco principal das comemorações desse ano. Em outras circunstânceas, isso seria bem desagradável, mas não foi porque eu tive a melhor pessoa do mundo ao meu lado.

Foi a primeira vez que viajei com meu namorado (tirando as vezes que viajamos com a banda, claro), depois de termos planejado mais de quinhentas vezes uma viagem para a praia, e foi simplesmente a melhor viagem da minha vida. Superou até mesmo Prudentópolis. Acho que, pra ficar melhor, só se, no carnaval do ano que vem, nós formos para lá, passear na mata, escalar umas pedras e ouvir o som das cachoeiras. Essas são coisas pelas quais eu não sabia que nós dois tinhamos um amor em comum, até estarmos nos divertindo andando pelas pedras à beira mar.

Não sou de pular carnaval, mas não vejo problema em ir no local da folia dar uma olhada. Para minha surpresa, o carnaval de Itapoá é bem “família” e, por isso, foi bem agradável dar uma passada na festa e dançar um pouco com meu namorado que, na ocasião, era a mais bela moça de toda a cidade. Sim, ele se vestiu de mulher. Não, eu não tive que “obrigar”, haha. Havia tempos que eu falava pra ele que tinha interesse em maquiá-lo de um jeito bem feminino e ele nunca foi contra. Por isso, aproveitamos essa época pra experimentar esse look, risos. Confesso que não fizemos antes por pura preguiça. Como, dessa vez, havia um motivo plausível, nos empenhamos para torná-lo linda.

Seguem ibagens (só 1, no caso):


Te amo, bb.

Como nem tudo são flores, tive uma notícia bem ruim esses tempos. Meu coração se partiu em mil pedaços ao saber que não irei mais conviver com uma pessoa que gosto muito. Ela não morreu, nada disso, mas simplesmente não poderá mais frequentar os mesmos espaços e, por isso, ser tornará mais difícil vê-la. Porém, minha alma está cheia de desejos e energias positivas que estão constantemente sendo enviadas à essa pessoa, e eu só espero que ela encontre novos caminhos e tenha uma boa vida.

Talvez vocês não tenham percebido (sarcasmo), mas o design do blog tá bem padrão Blogger mesmo, porque eu simplesmente mandei tudo pra casa do carvalho. Sim, porque eu tô de saco cheio de nunca me contentar com as paradas que eu faço, e não adianta ninguém dizer que meus layouts são lindos porque o problema, infelizmente, é bem mais profundo que isso. Mas tudo bem, um dia eu abordo isso no consultório com a psicóloga e tento compreender um pouco mais. Ou não.

Outros pequenos detalhes dos últimos tempos que merecem destaque são:
  • Sinto-me com 16 anos novamente. Não porque ando fazendo cagada adoidado, mas porque ando ouvindo altos breakdown, uns pop e Beatles. Sim, Beatles. Don't ask.
  • Resolvi organizar minhas múscias no Spotify criando playlists para cada sentimento que elas invocam (ou seria evocam?) em mim. Muitas vezes a playslist tem diversas músicas de gêneros totalmente distintos, mas isso é porque resolvi classificar de acordo com as minhas emoções. Acho que eu nunca deixei de ser sentimento, no fim das contas.
  • Depois de muito tempo, viciei em Hotline Bling. Me lembra a uma época boa da minha vida, então acho que tudo bem.
  • Sexta, dia 3, é meu aniversário. I don't know about you, but I'm feeling 22.

Beijos pra quem só pula carnaval se for família. ;*

Um comentário

  1. Seu namorado ficou linda <3 e fico feliz que tu curtiu o carnaval!
    Eu passei o meu trabalhando D: mas tudo bem, valeu a pena!
    Percebi a mudança no layout e, bom, já que não adianta falar que o outro tava lindo, me absteço. HUAHUSHAUHUSH Mas ouso dizer que quando a vida começar a ficar mais corrida, os layouts durarão mais -q
    Sinto pela pessoa que está longe, mas vamos lembrar que as pessoas tão sempre conosco na lembrança e no coração <3

    Beijo!

    ResponderExcluir